11 de jan de 2014

10 razões para não bater em crianças

Em 29 países em todo o mundo é ilegal bater uma criança e em 113 países proíbem os castigos corporais nas escolas. No entanto, em outros países, como a nossa, e muitos outros na América Latina , batendo - espancar, (manazos , cinturonazos , Noogies ), etc . - Visto como um método de disciplina de crianças , e até mesmo em muitas famílias é promovida e os pais são convidados a " dar-lhe uma boa surra de entender. "

Nos últimos anos, muitos psiquiatras, sociólogos , pesquisadores e pais têm recomendado e promoveu a proibição de castigos corporais em crianças . A razão mais importante , de acordo com o Dr. Peter Newell , coordenador da Punição Final da organização Children ( ÉPOCA ), é que "toda pessoa tem direito à proteção da sua integridade física, e as crianças são as pessoas também. "

Jan Hunt, um dos pais anexo promotor psicólogo, organizações membros contra o abuso infantil e diretor do Projeto Criança Natural dá 10 razões para não bater em seus filhos , mas na minha opinião não há nenhuma razão válida para bater uma criança .

Surra Criança ensinados a se tornar rappers . Há uma grande quantidade de pesquisa que mostra uma correlação direta entre o castigo corporal na infância e comportamentos agressivos ou violentos em adolescentes e adultos . Praticamente todos os criminosos mais perigosos foram ameaçados e punidos na infância. As crianças , por natureza, aprender a comportar-se , observando e imitando os pais , seja para o bem ou para o mal . Portanto, é da responsabilidade dos pais para dar um exemplo de empatia e sabedoria.

Em muitos casos, o chamado "mau comportamento " , a criança não está fazendo mais para responder da única forma que ele é capaz , de acordo com sua idade e experiência, em detrimento de suas necessidades básicas. Algumas destas necessidades. sono e nutrição, tratamento da alergia escondida, ar fresco , exercício e a liberdade para explorar o mundo ao seu redor. Mas a sua maior necessidade é para chamar a atenção de seus pais. Atualmente existem poucas crianças recebem tempo e atenção suficiente de seus pais , que estão constantemente ocupados e preocupados com seus próprios problemas e preocupações para tratar crianças com paciência e empatia. Sem dúvida que é errado e injusto punir uma criança para responder de uma forma natural à falta de atenção às suas necessidades básicas. Por esta razão , o castigo não só é ineficaz no longo prazo , mas também é claramente injusta .

O castigo impede a criança a aprender a resolver conflitos de forma humana e eficaz . Como o educador John Holt escreveu: " quando uma criança atemorizamos , aprendizagem parou seco. " Uma criança que é atingido se concentra em seus sentimentos de raiva e vingança , e assim a oportunidade de aprender os métodos mais eficazes de resolver problemas está perdido. Portanto, uma criança maltratada aprende pouco sobre como lidar ou prevenir situações semelhantes no futuro.

A frase " Poupe o bastão e estrague a criança " , algo como " Poupe o bastão e estrague a criança " está em " Hudibras " um poema satírico por volta do século XVII, escrito por Samuel Butler , que foi escrito para expor e denunciar a violência contra crianças . Ironicamente, esta frase é agora usada para justificar a punição física das crianças.

Batidas interferir com o vínculo entre pais e filhos , uma vez que não está na natureza humana de amar aqueles que nos magoam . O verdadeiro espírito de colaboração que todo pai quer só pode ser construída por meio de uma ligação forte com base em sentimentos mútuos de amor e respeito. As batidas , embora , aparentemente, o trabalho, só produzem naturalmente bom comportamento baseado no medo , o que pode ser mantida até que a criança tem idade suficiente para resistir. Em contrapartida, a cooperação baseada no respeito permanentemente manter e trazer-lhe anos de felicidade mútua para crianças e seus pais ao longo do tempo .

Muitos pais nunca aprenderam em sua própria infância que existem formas positivas de se relacionar com as crianças . Quando o castigo físico não alcançar os resultados desejados , e se os pais não sabem de outros métodos, o choque pode aumentar em freqüência e intensidade, ou mais perigoso para a integridade das ações da criança.

A raiva e a frustração que não pode ser expresso de forma segura por uma criança ficar dentro de casa . Raiva acumulada anos podem explorar contra os pais cujos filhos agora se sente forte o suficiente para expressar a raiva . O castigo corporal parece produzir " bom comportamento" nos primeiros anos , mas sempre a um preço muito elevado, pago pelos pais e sociedade, quando a criança entra na adolescência e idade adulta .

Os golpes nas nádegas , uma zona erógena na infância, pode criar na mente da criança uma associação entre dor e prazer sexual que pode levar a dificuldades na vida adulta. Os anúncios em algumas "alternativas" revistas tipo "Eu quero uma surra " testemunhar as tristes conseqüências da confusão entre dor e prazer. Se uma criança recebe pouca atenção de seus pais , exceto quando você está preso ou punir os conceitos de dor e prazer misturados na mente da criança . Uma criança nessa situação vai ter uma baixa auto -estima e acreditar que eles não merecem nada bom.

Mesmo surra considerados " não muito forte " pode causar danos físicos. As saliências na parte inferior da coluna envia ondas de choque ao longo de toda a coluna , e pode causar danos . A prevalência de dor lombar entre os adultos em nossa sociedade pode muito bem ter suas origens em espancamentos de infância. Algumas crianças foram paralisados ​​porque os nervos danificados por espancamento e alguns até morreram coluna , devido a complicações médicas que não podem ser diagnosticados

O castigo físico enviar a mensagem perigosa e injusta " do mais forte" . Indicar que é permitido prejudicar os outros sempre menores e menos poderosos . A criança conclui que é permitido maltratar crianças mais novas. Quando chegam à idade adulta e não sentir compaixão por aqueles menos afortunados do que ele, e temê-los mais poderosos. Isto tornará mais difícil estabelecer relações significativas tão essenciais para uma vida emocional emocionalmente satisfatório .

Porque as crianças aprendem através de seus pais como modelos , a punição física envia a mensagem de que as visitas são uma forma adequada de expressar sentimentos e resolver problemas. Se uma criança vê seus pais nunca a resolver problemas de forma criativa e humana , vai ser difícil para ele aprender a fazer. Por esta razão , os padrões são repetidos de geração para geração .

A educação amigável , apoiada por uma base sólida de amor e respeito, é a única forma eficaz de alcançar um bom desempenho fundada em fortes valores internos , ao invés de um superficial " bom comportamento" baseada exclusivamente no medo.

Tradução: Jorge Silva Sousa*

Fonte : sire Escuela de padres primerizos. In. Blog Educar sem Violência. Cida Alves. 2014. Disponível em:< http://toleranciaecontentamento.blogspot.com.br/>. Acesso em: 11 jan. 2014. 

Colaboração perfil Márcia Oliveira, Coordenação da Rede Educar Não Bata, em 08 janeiro 2014, 

Nenhum comentário: