3 de jun de 2014

40 insuportáveis segundos! Mas real o bastante para mostrar como é desesperador o sofrimento e o desamparo das crianças que sofrem violências físicas cotidianamente dentro de sua própria casa



(caso a legenda não apareça automaticamente, clique no link legenda que fica no rodapé do vídeo)

“Não posso esperar até eu crescer. Eu tenho direito de ser feliz. De ser cuidado e acolhido. De sentir-me amado. De ser escutado e ouvido. De nunca, mais tremer de medo. Nem jamais ser empurrado, golpeado, chutado ou sacudido... Lutarei pelo direito de crianças como eu que não tem infância. Não posso esperar até eu crescer...”.
Comercial da ISPCC – Always here for Children


Enviado por Helenilza Teixeira em 30 de maio de 2014

Fonte: Blog Educar sem Violência, não bata, eduque. Cida Alves. 2o14. Acesso em: 03 jun. 2014. 

Nenhum comentário: