28 de fev de 2015

MÃE CONFESSA TER ESPANCADO O PRÓPRIO FILHO

Em depoimento à Polícia Civil, Jane confessou que bateu no filho, Adriano Henrique Jardim Ramos, de 5 anos, após ele ter defecado na roupa que vestia e na cama. Durante a agressão, ela teria usado um cinto e segurado o menino pelos braços e pescoço, deixando marcas em seu corpo, segundo a polícia.
Menino de 5 anos tem marcas de agressão por todo o corpo (Foto: Reprodução/EPTV)
Menino de 5 anos tem marcas de agressão por
todo o corpo (Foto: Reprodução/EPTV)
Segundo o delegado, os peritos encontraram manchas de sangue no chão e na os peritos encontraram manchas de sangue no chão e na parede do quarto da criança. No dia anterior, a polícia também apreendeu um cinto e uma vassoura quebrada, objetos supostamente usados na agressão.
Os peritos, no entanto, não encontraram nenhum indício de fezes no local. "Quanto às fezes, não encontramos nada que levasse a essa hipótese. Se ela [mãe]  agrediu essa criança de manhã, até a hora que a criança foi socorrida ela pode ter tido tempo de limpar o local. Mas não encontramos nada que evidenciasse fezes", diz.
O caso
Jane Aparecida Jardim foi presa na tarde de quinta-feira suspeita de espancar o filho de 5 anos. A agressão ocorreu porque a mãe teria se irritado com o menino, que defecou na roupa que vestia e na cama. Em depoimento, a mulher confessou que agrediu o menino com um cinto na manhã de quinta-feira e que depois pegou o garoto pelo pescoço e braços e o jogou na cama, quando a criança bateu a cabeça na lateral do móvel.

Ainda de acordo com o depoimento da mãe, o menino não chegou a desmaiar e se levantou. “Essa criança foi tomar banho, almoçou, foi dormir e não acordou mais”, disse o delegado Djalma Donizette Batista. “A mãe pediu socorro para uma vizinha da fazenda e vieram até Cristais Paulista”.
A criança foi levada para o Pronto-Socorro da cidade e foi transferida para a Santa Casa de Franca. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o menino deu entrada na unidade com traumatismo craniano e foi internado na UTI em estado grave. Após a internação, o hospital comunicou a delegacia de Franca, para investigar o caso.
Após interrogatório, a mãe foi presa em flagrante e encaminhada para a Cadeia do Guanabara. Ela foi indiciada por tentativa de homicídio qualificado e por motivo fútil. Segundo o delegado, a família da criança é investigada e há suspeita de espancamento anterior. Na noite de sexta, após ameaça de outras detentas, a mulher foi transferida para a Penitenciária Feminina de Tremembé.
Menino de 5 anos foi agredido pela mãe em Cristais Paulista, SP (Foto: Reprodução/EPTV)Menino de 5 anos foi agredido pela mãe em Cristais Paulista, SP (Foto: Reprodução/EPTV)Disponível em: http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2015/02/apos-ameaca-de-detentas-suspeita-de-espancar-filho-e-transferida-de-prisao.html. Acesso em: 28 fev. 2015.

Nenhum comentário: