6 de set de 2012

Como educar sem bater - dicas do blog Paciente Psiquiátrico


Nise da Silveira
"O que melhora no atendimento é o contato afetivo de uma pessoa com outra. O que cura é a alegria, o que cura é a falta de preconceito."
Nise da Silveira
 
Primeiro não se deve bater nos filhos porque os filhos imitam os pais. Filhos que apanham dos pais batem nos outros e as vezes batem nos próprios pais... mais cedo ou mais tarde!
As crianças imitam os adultos, portanto a melhor forma de educar as crianças é através de bons exemplos.
As vezes as crianças provocam os adultos de propósito. E se o adulto cai na provocação e bate na criança, sem dúvida a provocação da criança funcionou e o adulto não foi maduro o suficiente para lidar com a provocação com argumentos e firmeza.
Eu garanto que seu filho o admirará muito se você agir com calma sempre diante das bagunças dele.
Em vez de bater ou punir, ensine, com calma e esmero.
Ele ficará espantado com sua calma e terá isso como exemplo, o exemplo do controle e da calma, em vez da violência.
Explique para o seu filho porque não se deve fazer algo. Se ele não entender logo, tenha paciência e explique de novo.
Lembre-se que a paciência é exemplar e a violência é sinal de fraqueza e incapacidade de conversar, incapacidade de resolver os problemas com coragem. As pessoas recorrem a violência quando não sabem mais o que fazer.
Mas bater em alguém mais fraco ou impor proibições ou outras punições não é autoridade. É AUTORITARISMO. Autoritarismo causa revolta, e não respeito.
Violência é a incapacidade de resolver os problemas com estratégia.
Exemplo: se seu filho xingar e você bater nele ele apenas sentirá raiva e revolta e não aprenderá nada com isso. Se você proibi-lo de usar o computador para puni-lo ele só sentirá raiva e tentará usar o computador escondido.
Não dê punições. Dê exemplos. Ou seja, tome providências que ensinem. Se ele xingar converse com ele seriamente, faça uma REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA. PARE TUDO PARA FAZER A REUNIÃO.
Tenha uma conversa demorada, pois fazê-lo entender a gravidade de ofender outra pessoa ou fazer algo errado é mais importante que uma reunião de negócios de uma grande empresa.
O simples fato de você fazer uma REUNIÃO SÉRIA com ele mostrará para ele que a coisa é importante.
Lembre-se que ser pai ou mãe é uma grande responsabilidade, a maior de sua vida.
Você nunca conseguirá controlar seu filho batendo nele. Nunca conseguirá controlar seu filho com punições.
O homem consegue controlar outros animais, consegue domar animais com violência, punição e força, mas um homem não consegue domar outro homem. Seus filhos ou suas filhas não podem ser domados como animais. Pois eles são filhotes do animal homem e agem como homem.
Violência é sinal de insegurança, descontrole, fraqueza e medo. Você não quer que todos esses defeitos passem para seu filho, não é mesmo?
As pessoas praticam violência quando não conseguem contornar a situação com argumentos e firmeza. Importante: firmeza não é fazer cara feia. Firmeza é ser persistente, insistir no que você está ensinando.


Nise da Silveira 1
Conheça um pouco da história dessa
mulher extraordinária, visionária e REBELDE!!!

Nise da Silveira, a mulher que se rebelou e decidiu não apertar mais o botão do eletro choque!



Fonte: O texto e a citação de Nise da Silveira forão extraidos de um blog muito bacana. Vale a pena conferir as informações prestadas pelo PACIENTE PSIQUIÁTRICO. In: Blog Educar sem Violência. Cida Alves. 2012.

Nenhum comentário: