30 de abr de 2012

Mãe é suspeita de segurar filha para padrasto abusá-la no CE, diz polícia


Mãe é suspeita de segurar filha para padrasto abusá-la no CE, diz polícia

Padrasto tentou abusar sexualmente de criança, diz policial.
Pais dizem em depoimento que castigaram filha por mau comportamento.


Uma mulher de 26 anos foi detida em Pereiro, interior do Ceará, suspeita de segurar e amordaçar a própria filha para que o companheiro realizasse ato sexual com a criança de 13 anos. De acordo com o sargento da Polícia Militar Alberto de Melo, o casal foi preso na manhã de quinta-feira (18), um dia após o crime.

Segundo a Polícia Civil, a criança conseguiu se soltar da mãe e correu até a delegacia da cidade de Pereiro, onde comunicou aos policiais sobre a tentativa de abuso. De acordo com o sargento Alberto Melo, os pais foram presos 24 horas após a tentativa de abuso e não pôde ser feita prisão em flagrante. A polícia diz ainda que os dois estavam bêbados no momento em que foram detidos. 

O casal foi preso em Pereiro e em seguida transferido para a delegacia regional de Jaguaribe, onde prestaram depoimento. A criança, a mãe e o padrasto, de 40 anos, realizaram exames que vão confirmar ou não se a filha já havia sido abusada em outras ocasiões.
Em depoimento à polícia, na tarde de quarta-feira (18), o casal afirmou que castigou a menina por mau comportamento. A filha afirmou que o pai chegou a pedir para ela tirar a roupa sob ameaça de agredi-la.
Segundo o sargento Alberto, o casal vai responder pelo artigo 217 A do código penal, que prevê o crime de ato libidinoso com crianças com menos de 14 anos.

Nenhum comentário: