3 de ago de 2012

O que D. Pedro Casaldáliga tem a nos ensinar por Arcângelo Scolaro

 

Estimado leitor do blog,
Recebi uma linda carta de um amigo comentando a postagem Bater para educar os filhos: você concorda com isso?. Como ela trás uma importante reflexão pedi a esse amigo a autorização para compartilhá-la com você. Veja abaixo o que nos diz Arcângelo Scolaro.

dom_pedro
“Quem fica na floresta um dia, quer escrever uma enciclopédia; quem passa 5 anos, fica em silêncio para perceber o quanto é profunda e complexa a Criação” (D. Pedro Casaldáliga).

Bom dia amiga,
Parabéns pela sua luta em favor do tesouro maior que a humanidade tem: as crianças. Bem aventurados aqueles que defendem, ou pelo menos tentam defender os mais fracos, sobretudo as crianças, e eu tenho certeza de que o mundo será melhor o dia em que a humanidade aprender a lição das crianças e, não apenas só tentar dar lições para as crianças, lições essas cheias de vícios, de preconceitos, autoritarismos, falsidades...
Eu ouvi certa vez D. Pedro Casaldáliga, se referindo ao trabalhadores dizendo assim, "quando estes estão certos eu caminho com eles, quando eles estão errados ou equivocados eu sento com eles". Com as crianças a nossa atitude deveria ser essa também, acontece que não nos damos o tempo de sentar com elas e aí as coisas são resolvidas por meio da violência.
Essa é a lição que estamos deixando para as crianças: os problemas se resolvem com violência e depois nos gastamos tempo fazendo campanhas pela paz. É paz nos campos de futebol, é paz na estrada, paz na escola e o escambau de lutas pela paz que se tornam vazias ou contraditórias, sem resultados porque na realidade ensinamos com o exemplo: o que resolve mesmo é a violência. A gente faz da violência até esporte, existe coisa mais deplorável do que bater violentamente no outro e denominar isso de esporte e ganhar toda a publicidade possível dos meios de comunicação?
Esse mundo precisa de gente que acredite que outro mundo é possível, a começar por aí, criança acolhida, feliz, amada e aprendendo a amar e, a ser solidária. Se isso acontecer com certeza teríamos que resolver o problema de desemprego dos agentes carcerários.
Um grande abraço a você e continue na sua missão nobre. Não sei das suas crenças religiosas, mas com certeza você é uma das bem aventuradas do Reino de Deus.
Arcângelo Scolaro*


Caminhado pela floresta
Outras aprendizagens sobre a Floresta

Aprendendo com os erros
O mestre, conduz seu aprendiz pela floresta. Embora mais velho, caminha com igualdade, enquanto seu aprendiz escorrega e cai a todo instante.
O aprendiz blasfema, levanta-se e cospe no chão traiçoeiro e continua a acompanhar seu mestre.
Depois de longa caminhada, chegaram a um lugar sagrado. Sem parar, o mestre dá meia volta e começa a viagem de volta.
- Você não me ensinou nada hoje- diz o aprendiz, levando mais um tombo.
- Ensinei sim, mas você parece que não aprende – respondeu o mestre – estou tentando te ensinar como se lida com os erros da vida.
-E como lidar com eles?
- Como deveria lidar com seus tombos- respondeu o mestre- Em vez de ficar amaldiçoando o lugar onde caiu, devia procurar aquilo que o fez escorregar.



*Arcângelo Scolaro, graduado em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (1976), graduado em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1980) e mestre pela Universidade Católica de Goiás (2001). Atualmente é pró-labore da Universidade Estadual de Goiás, professor concursado - Secretaria Estadual da Educação.

Fonte: Blog Educar sem Violência. Cida Alves. 2012

Nenhum comentário: