20 de jan de 2013

Casal briga e mãe ameaça jogar bebê de ponte de 5 metros de altura em Itu


Menino ficou pendurado enquanto mãe ameaçava jogá-lo em córrego.
Casal foi preso e criança passa bem.


Polícia Militar de Itu (SP) prendeu neste domingo (20) um homem e uma mulher por ameaçarem jogar o filho de 20 dias de uma ponte, no bairro Bandeirantes. O casal foi detido por pessoas que estavam próximas ao local até que a polícia chegasse.
Segundo a Polícia Militar, o casal estava discutindo em cima da ponte, quando a mulher se descontrolou e segurou o bebê pelo braço, deixando-o pendurado a 5 metros de altura. A discussão aconteceu porque ela afirma que o pai não ajuda financeiramente e que é ausente. Desesperada, ela ameaçou jogar a criança no córrego.
No momento em que o bebê estava pendurado, um jovem passou de carro e viu a cena. Horrorizado, ele contou para a mãe o que tinha visto. A mulher ficou revoltada com a situação e correu para a ponte para socorrer a criança.
A mulher contou para a polícia que conversou com a mãe durante cerca de 20 minutos, tentando convencê-la de entregar o menino. No entanto, após entregar o bebê, a mãe se arrependeu, com medo de que a mulher levasse o filho dela e agrediu a mulher com um tapa no rosto.
Ainda com o bebê no colo, a mulher revidou e as duas começaram a brigar. Pessoas que estavam próximas da ponte apaziguaram a briga e contiveram o casal até a chegada da polícia.
A criança foi encaminhada para a Santa Casa de Itu para ser examinada. O menino não sofreu ferimentos e passa bem. Ele ficará sob responsabilidade do Conselho Tutelar, que irá decidir se parentes do casal irão ficar com ele ou se irá para adoção.
A mulher está presa e deve ser indiciada por tentativa de homicídio. O pai da criança também está preso, já que em nenhum momento tentou impedir que o bebê fosse jogado da ponte.
Disponível em: http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2013/01/casal-briga-e-mae-ameaca-jogar-bebe-de-ponte-de-5-metros-de-altura-em-itu.html. Acesso em: 20 jan. 2013.

Nenhum comentário: