11 de fev de 2013

A IMPORTÂNCIA DA POESIA E DOS LIVROS NO UNIVERSO INFANTIL


                                                                                                              Jorge Silva Sousa

 

“Feliz a criança que foi embalada pela mãe ao som de um acalanto. O som da melodia e a beleza dos versos tão simples e graciosos nos ouvidos, para todo sempre” (Elias José)


Tradicionalmente, muitas pessoas ainda têm uma visão distorcida em relação às cantigas de folclore e da literatura infantil. Muitos acreditam que com as cantigas e as histórias que contamos para as crianças, são violentas e provoca medo e tortura.  Mas segundo (Elias José, 2007, p. 28),

Não conheço ninguém que tenha sido prejudicado, que tenha tido uma infância infeliz por culpa de qualquer cantiga ou história. O contrário se vê a todo instante. Crianças que não tiveram o carinho da mãe e seu acalento, que têm apenas o barulho da rua como a sua música de embalar. A voz da mãe é pura certeza de paz. O aconchego do seu corpo é pura segurança.

Ao contrário, a literatura, em prosa ou em verso, tem o poder de, brincando com a violência e com o medo, banalizá-los. Muitas crianças superar o medo através da musicalidade das palavras, das cantigas de ninar, travas populares, trava-línguas, ciranda e parlendas são formas poéticas que adoçam a infância de qualquer criança. 

Penso como fazem falta às crianças de hoje as cirandas: mão dadas, corpos próximos, vozes cantadas no mesmo ritmo melódico, a animação que só o espírito infantil consegue, o riso com um pouco de maldade quando alguém se recusa a ser o par do que está na roda, a felicidade dos movimentos de ir e vir. (Elias José, 2007, p. 28)

Atualmente, essas brincadeiras, o contato físico vem sendo substituído pela televisão, internet, celular, enfim pela tecnologia. Por isso faz-se necessário que pais e professores abram os olhos para a importância das brincadeiras, das cantigas de ninar, das histórias e da literatura infantil para a vida das crianças e jovens. Pois através delas a criança faz uma viagem de sonho e de puro encantamento. Portanto, o autor enfatiza a importância de compras livros para as crianças desde infância, “o livro infantil é o ponto de partida para um imaginário bem estimulado”

Referência

JOSÉ, Elias. Literatura infantil: ler, contar e encantar crianças. Porto Alegre: Mediação, 2007. 



Nenhum comentário: