19 de jul de 2012

Teatro do Oprimido comemora o dia da Mulher Negra



CARTAZ - Maes negras









Queridos Amig@s!!!


É com muita alegria que convido a todas para a estréia do espetáculo "Mães Negras Teatro das Oprimidas", fruto de um trabalho intenso e profundo.
Nossa estréia será no dia 24 de Julho no Teatro Goiânia Ouro, mas temos uma agenda extensa de apresentações até o dia 21 de Setembro, assim quem não puder no dia 24 poderá conferir em outra data.


24 de Julho (Em Homenagem ao Dia da Mulher Negra)
20h – Teatro Goiânia Ouro
Endereço: Rua 03, esquina com Rua 09, nº 1.016, Galeria Ouro, Centro.
Entrada Franca
Espero vê-los!! Grande abraço!

O espetáculo

O teatro das oprimidas é uma celebração do encontro.

A técnica é atualmente celebrada por mulheres do mundo inteiro: mulheres da Índia, de Moçambique, da Guiné-Bissau, mulheres do Brasil, da Argentina, da Alemanha, da Áustria. Todas unidas em uma pesquisa estética do corpo feminino e seu lugar no mundo. Afinal qual é o lugar da mulher no terceiro milênio? Quais são as armadilhas que seguem aprisionando-as em cotidianos opressivos?

Em nosso caso, celebramos o encontro entre costureiras, cozinheiras, jardineiras, donas de casa e babás. Celebramos o encontro com a cor negra, com a ancestralidade africana, com a capoeira, com o afoxé, com nossos sonhos de uma vida melhor, de uma infância mais tranquila, de um trabalho mais digno e valorizado, e porque não com o sonho de um casamento em que os parceiros se respeitem mutuamente e nada mais se resolva a partir de agressões?

No Teatro-Fórum “Mães Negras”, o corpo de Mariana é o espelho das muitas mulheres que se encontram ameaçadas e às quais a única opção é fugir. Elas fogem com um filho pendurado nos braços e um horizonte de incertezas diante de si.Mariana convida o público a discutir sua história, a sentir suas dores, a celebrar suas ancestrais e, sobretudo, a propor outras soluções para seus problemas, soluções que ela ainda não pôde experimentar, mas que você, que está na plateia pode nos mostrar como seria.

Somos todos espect-atores!

Mais informações AQUI

Enviado por Carolina Santos em 18 de julho de 2012.In: Blog Educar sem Violência. Cida Alves. 2012. 

Nenhum comentário: